MINO

Editor Chefe da Rivista

Cearense, natural de Fortaleza.

Nasceu no dia 3 de maio de 1944.
Filho de Francisca Macêdo e Raimundo Castelo Branco. Casado com Ignês Botelho. Pai de Magno, Maria Cecília, João Eduardo e José. Desenhista, artista plástico, cartunista, programador visual, projetista gráfico, poeta bissexto, livre pensador, autor de histórias, fábulas e contos infantis, ilustrador e publicitário.

Formado em Direito pela UFC e inscrito na OAB. Filiado ao sindicato dos radialistas e jornalista profissional.

Mino iniciou sua vida profissional ilustrando uma seção de humor esportivo no jornal O POVO.

Participou de um noticiário da TV Ceará (Repórter Cruzeiro), ilustrando as notícias ao vivo, fato inédito na TV brasileira. Participou da seção de humor da revista O CRUZEIRO (O Centavo).

Trabalhando em agências de publicidade e colaborando com quase todos os jornais de Fortaleza, passou vários anos dedicado ao trabalho de criação de marcas, programação visual e projetos gráficos.

Semanalmente, produz tiras do Capitão Rapadura no jornal Diário do Nordeste e edita sua própria publicação mensal de humor RIVISTA, já em circulação a 19 anos distribuída nos colégios da capital e do interior, através da Editora Riso, de sua propriedade. RIVISTA contem toda a diversificação de seu

trabalho, fábulas, contos, frases, pensamentos, artigos, poesias, ilustrações, caricaturas e quadrinhos, com o seu famoso personagem Capitão Rapadura, o primeiro super herói cearense, além de livros infantis, entre os quais se destaca O Pequeno Planeta Perdido, em parceria com Ziraldo.

Como Cartunista já participou e foi premiado em diversos salões de humor nacionais e internacionais, fazendo parte também de antologias Rússia-Brasil em defesa da natureza, exposição itinerante da Aliança Francesa e teve um importante trabalho (Os peixes) publicado na SLAPSTICK, periódico alemão de humor.

Participou há alguns anos do grupo de cartunistas autores das vinhetas de humor (PLIM! PLIM!) da Rede Globo de Televisão Como Artista Plástico é o autor do grande mural TERRA DA LUZ, retratando histórias e aspectos culturais da terra cearense e mais 12 murais com temas regionais onde apresentam um grande vôo lúdico nordestino, no Airport Fortaleza (Aeroporto Pinto Martins), produziu também mais de 3.500 obras de arte em diversas técnicas, onde se encontram espalhadas pelo mundo em diversos países e continentes.